Banif /ALBOA comes to South Africa

0
832

A delegation of the Association of Victims of Banif (ALBOA) will be in South Africa in April to collect evidence of fraud to be presented  to the financial markets regulator .

The organization has already organised public sessions in Azores and Madeira to collect complaints to be submitted to the Securities Market Commission (CMVM)

SEC-securities market Commission was established in April 1991 and has as mission to supervise and regulate the markets in financial instruments by promoting the protection of investors.

Balboa estimates that there are  3,500 customers harmed by Banif that lost 265 million Euros in investments in the Bank.

According to the ALBOA, the most aggressive sales of Banif  were aimed at savings of migrants communities living outside of Portugal.

After collection of complaints in Venezuela and South Africa, the Association will also visit Portuguese communities in the United States of America.

On 20 December 2015, the Government and the Bank of Portugal announced the resolution of Banif with sale to Santander Totta Bank activity by 150 million Euros and the creation of remains the Banif, assets that Totta didn’t buy  became a financial  vehicle , listed as” Bad Bank” ,which has shareholders and bondholders .

………………………………………………………………………………………………………………………….

Banif: Lesados vão à África do Sul

Uma delegação da Associação dos Lesados do Banif (ALBOA) vai em Abril e à África do Sul para recolher reclamações a enviar ao regulador dos mercados financeiros.

O objetivo é que estas reclamações sirvam de suporte para que a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que estima que há 3.500 clientes lesados pelo Banif ,que perderam 265 milhões de euros em investimentos de produtos no banco.

Segundo a associação, as informações de que dispõe evidencia que “grande parte das vendas agressivas dos comerciais Banif tiveram por objetivo as poupanças dos emigrantes”, pelo que o objetivo é recolher reclamações junto destas comunidades que vivem fora de Portugal.

A ALBOA defende que cada cliente que se sinta lesado faça chegar à CMVM uma descrição sumária do modo como lhes foram apresentados os produtos e os argumentos usados pelo banco para que os clientes os comprassem, referindo que por cada produto subscrito deve ser apresentada uma reclamação.

A CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários foi criada em Abril de 1991 e tem como missão supervisionar e regular os mercados de instrumentos financeiros, assim como os agentes que neles atuam, promovendo a proteção dos investidores.

Em 20 de dezembro de 2015, o Governo e o Banco de Portugal anunciaram a resolução do Banif com a venda da atividade bancária ao Santander Totta por 150 milhões de euros e a criação ‘banco mau’ qual foram transferidos os ativos que o Totta não comprou,que continua a existir , no qual acionistas e os obrigacionistas ficaram os subordinados, que provavelmente nunca

LEAVE A REPLY